ONU prepara plano para ajudar vítimas das cheias em Moçambique BR

ONU prepara plano para ajudar vítimas das cheias em Moçambique

O país vem sendo afetado por chuvas torrenciais nas últimas semanas.

O centro do país, onde se localizam as províncias de Zambeze e Sofala, vem sendo afetado por chuvas torrenciais nas últimas semanas.

As chuvas já provocaram o transbordamento de vários rios na região.

Necessidades

O Coordenador residente do Sistema das Nações Unidas, Ndolam Ngokwey, disse que a ONU está trabalhando em coordenação com o governo moçambicano para avaliar as necessidades das pessoas afetadas pelas cheias.

O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades do país afirma que cerca de 13 mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas.

O período de chuvas em Moçambique vai de novembro a março e as autoridades temem que cerca de um milhão de pessoas possam ser afetadas por enchentes.

As Nações Unidas estão prepararando planos de assistência nos setores da agricultura, água potável, nutrição, entre outros.

O governo de Moçambique prevê que estas cheias poderão ser mais graves do que as registradas entre 2000 e 2001, que provocaram cerca de 700 mortes, e deixaram mais de 500 mil pessoas desabrigadas.