Volta ao trabalho no Quênia

Volta ao trabalho no Quênia

A onda de protestos contra a reeleição do presidente Mwai Kibaki já matou 350 pessoas e deixou 250 mil desabrigadas.

Os confrontos começaram em 27 de dezembro após simpatizantes do candidato da oposição, Raila Odinga, terem saído às ruas para protestar contra o resultado do pleito.

Acompanhe a entrevista do repórter da Rádio ONU, Jorge Soares, com Nilvo Silva.