Exclusiva: João B. Kussumua

Exclusiva: João B. Kussumua

Helder Gomes & Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

O ministro da Assistência e Reinserção Social de Angola, João Baptista Kussumua, disse em entrevista exclusiva à Rádio ONU que seu país está a investir nos sectores da saúde e da educação como forma de criar um país apropriado para as crianças.

Kussumua participou na sessão especial da Assembleia Geral entre 10 e 13 de Dezembro, para analisar a implementação do plano de acção "Um Mundo Adequado para Crianças + 5", aprovado pelos países-membros da ONU em 2002.

O programa traça acções em cinco áreas entre elas a protecção dos menores contra abusos, exploração e violência; a melhoria da qualidade da educação e da saúde e o combate ao HIV/Sida.

Acompanhe a entrevista do repórter Jorge Soares com João Baptista Kussumua. Ele disse que um dos objectivos do governo angolano é alargar a rede de escolas e ter todas as crianças vacinadas.

“Em 2006 tivemos uma taxa de escolarização na ordem de 4 milhões de crianças com idades entre os cinco aos 18 anos. Julgamos que com o aumento da rede escolar e com a formação de professores que vão melhorar a qualidade do ensino poderemos atingir uma cobertura de escolarização de cerca de 5 milhões de crianças”, disse.

O ministro angolano informou ainda que no primeiro trimestre de 2007, foram realizadas três fases de vacinação que culminaram numa cobertura de 6 milhões de crianças.

África na ONU

Apresentação: Helder Gomes

Entrevista: Jorge Soares

Produção: Eduardo Costa

Direção Técnica: Michael Gomes