Ban preocupado com falta de progressos para desarmamento

Ban preocupado com falta de progressos para desarmamento

Ban Ki-moon (foto) discursou na abertura da Conferência Anual das Nações Unidas para o Desarmamento que ocorre em Genebra, na Suíça.

Ban Ki-moon discursou na abertura da Conferência Anual das Nações Unidas para o Desarmamento que ocorre em Genebra, na Suíça.

O Secretário-Geral pediu compromisso dos países-membros para sair da actual situação que ele considerou um impasse.

Ban disse que é preciso avançar na busca de consenso para acabar com a corrida armamentista.

Segundo Ban Ki-moon, o dinheiro das armas pode ser transferidos para os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio.

Terrorismo

Antes da abertura do evento, o alto-representante das Nações Unidas para o Desarmamento, embaixador Sérgio Duarte, falou à Rádio ONU, de Genebra, sobre os mecanismos para evitar o contrabando de armas.

"Os mecanismos de controlo são muitos. O mais antigo talvez é o Grupo de Supridores Nucleares, do qual o Brasil faz parte, que procura estabelecer normas para a transferência de materiais sensíveis e a guarda desses materiais. Não transferi-los a países que não estejam cumprindo com as suas obrigações", disse.

A Conferência para o Desarmamento que reúne 66 países, termina nesta sexta-feira.