ONU lança selo em memória do Holocausto

ONU lança selo em memória do Holocausto

Iniciativa abre semana de eventos em Nova York; Secretário-Geral, Ban Ki-moon, divulgou mensagem de solidariedade.

Compareceram à cerimônia, o subsecretário-geral do Departamento de Informação Pública, Kiyotaka Akasaka, e o ministro das Comunicações de Israel, Ariel Atias.

A ONU escolheu 27 de janeiro como dia em memória das vítimas, por marcar a liberação do campo de concentração de Auschwitz, na Polônia.

Em mensagem, o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, se solidarizou com os sobreviventes e familiares das vítimas do Holocausto em todo o mundo.

Para Ban, mais do que honrar e recordar os mortos, é necessário educar as pessoas para construir sociedades que protejam e promovam os direitos de todos.

Ban lembrou que, em 2008, a ONU marcará os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e falou da campanha das Nações Unidas “Dignidade e Justiça para Todos”.

Ele disse que a campanha traz a lembrança de que, numa sociedade que ainda estava se recuperando do Holocausto, a Declaração Universal foi a primeira afirmação da dignidade e igualdade entre os seres humanos.

A Assembléia Geral da ONU adotou em 2005 o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, que ocorre em 27 de janeiro.