Câncer deve crescer 70% nos países em desenvolvimento

Câncer deve crescer 70% nos países em desenvolvimento

Cerca de 84 milhões de pessoas correm o risco de morrer da doença, na próxima década.

De acordo com estudos desenvolvidos em conjunto com a Organização Mundial da Saúde, OMS, cerca de 84 milhões de pessoas correm o risco de morrer da doença, na próxima década.

Causas

A representante da Agência Internacional de Pesquisa em Câncer da OMS, Maria Paula Curado, disse à Rádio ONU, de Lyon, na França, que as mudanças de hábito são as principais causas.

"O grande problema é que os países em desenvolvimento estão se ocidentalizando. Eles são pobres mas, por exemplo, fumam muito, bebem muito. Eles mudaram o comportamento para comportamentos ocidentais sem terem adquirido os bons hábitos ocidentais de higiene, sem terem controlado as doenças infecciosas", disse.

Curado afirmou, ainda, que o aumento da esperança de vida das populações também contribui para o aumento do número de casos de câncer.

Segundo ela, a doença é mais comum em pessoas acima dos 50 anos.

Planeamento

Maria Paula Curado diz que, para reverter este quadro, é necessário um planeamento de saúde globalizado.

"Um planejamento global, uma estratégia de detecção, prevenção e tratamento, tudo dentro do sistema de saúde. Tentar organizar o sistema de saúde para que esses pacientes tenham um tratamento adequado e principalmente sejam atendidos a tempo", disse.

Segundo estatísticas da OMS, 7,6 milhões de pessoas morreram de câncer, somente em 2005.