Zoellick discursará na Cimeira Africana (Português para a África)

Zoellick discursará na Cimeira Africana (Português para a África)

O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick (foto) deve reunir-se, em Addis Abeba, com representantes de governos.

Zoellick deve reunir-se, na capital etíope, com representantes de governos e dirigentes de instituições internacionais para debater vias de impulsionar os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio das Nações Unidas.

Ele iniciou, na segunda-feira, sua primeira viagem ao continente africano com visitas à Mauritânia e à Libéria.

Na segunda-feira, o Banco Mundial e o governo da Mauritânia assinaram dois acordos que visam o apoio da instituição financeira internacional a programas de desenvolvimento do país.

Mauritânia

Robert Zoellick conversou ainda com as autoridades locais sobre a transição da Mauritânia para a categoria de país de rendimento médio.

Na capital, Nouakchot, Zoellick se encontrou com o presidente mauritaniano Sidi Mohamed Ould Cheikh Abdallahi, com parlamentares e com representantes do sector privado do país.

Na Libéria, o presidente do Banco Mundial deve participar de uma mesa redonda com os ministros das finanças de cinco países da África Ocidental, incluindo a Côte d’Ivoire, a Guiné-Conacri e a Serra Leoa.

Visita a Moçambique

Antes de regressar a Washington, nos Estados Unidos, Zoellick viajará a Moçambique para contactos com as autoridades do país.

Ele visitará as áreas que vêm sendo afectadas pelas cheias que atingem Moçambique há cerca de um mês.