OMS faz campanha de medicamentos para crianças

6 dezembro 2007

“Faça o remédio do tamanho da criança” é uma iniciativa global para melhorar acesso de menores de até 15 anos a medicamentos.

Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, lançou nesta quinta-feira uma campanha global para aumentar o acesso de crianças a remédios.

Segundo a OMS, cerca de 10 milhões de crianças, menores de cinco anos, morrerão neste ano. Metade das mortes poderia ser evitada com medicação adequada.

Qualidade e preço

O secretário-executivo da Central Internacional para Compra de Medicamentos, Unitaid, Jorge Bermudez, disse à Rádio ONU, de Genebra, que medicar criança é diferente do tratamento dado a adultos.

“Não é apenas cortar um comprimido de adulto na metade. Nós temos que ter dosagens apropriadas e aceitáveis. Inclusive o gosto dos medicamentos para crianças é diferente do gosto dos medicamentos para adultos, que têm mais facilidade em tomá-los. Evidentemente, isso tem que ter em conta a qualidade dos produtos e também o preço. Nós não podemos aceitar medicamentos que são lançados a preços mais altos dos que já existem, inacessíveis para os países”, disse.

O lançamento da campanha, em Londres, foi acompanhado da divulgação de uma lista de medicamentos essenciais a crianças. É a primeira lista do gênero e reúne 206 remédios, considerados seguros, para uso infantil.

Entre as causas de morte mais frequentes entre crianças estão pneumonia, diarreia, malária e problemas respiratórios.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud