Pelo menos 150 pessoas morrem ao tentar atravessar Golfo do Aden

18 dezembro 2007

No domingo, um barco carregando 270 pessoas, incluindo várias crianças, bateu numa rocha e naufragou.

Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

O Alto-Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, estima que pelo menos 150 migrantes podem ter morrido no final de semana tentando cruzar o Golfo do Aden.

Segundo o Acnur, 54 etíopes e quatro somalis foram encontrados mortos próximos da costa do Iémen.

No domingo, outro barco carregando 270 pessoas, incluindo várias crianças, bateu numa rocha e naufragou. Cerca de 170 migrantes conseguiram nadar até a costa, enquanto os demais continuam desaparecidos.

A agência afirma que, 1,4 mil migrantes já perderam a vida, em 2007, no Golfo do Aden.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud