Missão na Serra Leoa

21 dezembro 2007

Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

O Conselho de Segurança renovou por mais nove meses o mandato do Escritório Integrado das Nações Unidas para Serra Leoa, Uniosil.

A decisão responde a um pedido do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, que no seu último relatório sobre o país, defendeu a permanência do Uniosil na Serra Leoa, para entre outros aspectos apoiar a realização das eleições locais em 2008.

Segundo Ban Ki-moon, a missão deverá ajudar ao governo leonês nos processos de reforma da Constituição, de aperfeiçoar a governança e impulsionar a Comissão de Consolidação da Paz.

A Rádio ONU conversou com o representante do Secretário-Geral para a Serra Leoa, Victor Ângelo (foto), que falou sobre o futuro da Uniosil.

"A missão só vai ser prolongada por nove meses. Passados esses nove meses, a missão vai transformar-se num escritório político, de menor dimensão e só de acompanhamento do processo político. Na medida em que, a partir de 1 de Outubro de 2008, se prevê que todo o trabalho das Nações Unidas na Serra Leoa se concentre sobretudo na questão do desenvolvimento económico e social", disse.

Desenvolvimento

O representante do Secretário-Geral para a Serra Leoa afirma que a missão vai ajudar as autoridades do país a implementar programas de desenvolvimento.

"A Serra Leoa é um dos membros da Comissão de Consolidação de Paz. Neste momento, há um programa de trabalho aprovado para o ano 2008, que põe todo o foco na questão do emprego dos jovens, da justiça, da reforma do setor da segurança e militar e, além disso, na capacitação nacional. E nós vamos ter que dar apoio à execução desse programa", assegurou.

África da ONU

Apresentação: Jorge Soares

Reportagem: Helder Gomes

Produção: Eduardo Costa

Direção Técnica: Louis Bastion

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud