Ban saúda conversações de paz no leste da RD Congo

26 dezembro 2007

As conversações que se iniciam nesta quinta-feira deverão prolongar-se até 5 de Janeiro.

Jorge Soares & Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

O governo da República Democrática do Congo e as forças rebeldes do ex-general Laurent Nkunda anunciaram, para esta quinta-feira, o início de uma conferência sobre o conflito na província Kivu Norte, no leste do país.

As conversações deverão prolongar-se até 5 de Janeiro.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, saudou a iniciativa e pediu às partes envolvidas, o estabelecimento de um plano de segurança, estabilidade e progresso para a região.

Leia o boletim do repórter da Rádio ONU, Helder Gomes.

“Ban Ki-moon pediu às partes envolvidas no conflito na República Democrática do Congo que aproveitem a oportunidade para iniciar um diálogo sustentável visando a solução dos grandes desafios da província.

Ele lembrou que o conflito já causou demasiado sofrimento aos habitantes do sul e norte do Kivu.

Deslocados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, estima que os confrontos em Kivu Norte obrigaram mais de 400 mil pessoas a deixar suas casas durante 2007.

Segundo o Acnur, a situação dos deslocados internos na província é a pior desde o fim da guerra civil em 2003“.

Na sexta-feira, o Conselho de Segurança aprovou por unanimidade o prolongamento, por um ano, da Missão de Observação da ONU na República Democrática do Congo, Monuc.

As Nações Unidas mantêm no país uma força com mais de 18 mil homens.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud