Mal-entendido leva governo afegão a pedir saída de diplomatas, diz Unama
BR

26 dezembro 2007

A ONU está em negociações com autoridades do Afeganistão para resolver o caso.

Marco Alfaro & Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

A Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão, Unama, revelou que prosseguem as negociações para esclarecer o que levou o governo afegão a pedir a saída do país de um funcionário da ONU e de um representante da União Européia.

O porta-voz da Unama, Aleem Siddique, disse à Rádio ONU, de Cabul, que os dois diplomatas teriam viajado à região de Helmand, no sul do país, em missão humanitária.

Mas as autoridades afegãs alegam que eles teriam feito contato com representantes do grupo islâmico talebã.

Segundo o porta-voz da Unama, tratou-se de um mal-entendido.

Siddique disse que as Nações Unidas vão respeitar a decisão apesar de não concordar com os fundamentos da medida.

Ele assegurou que a organização continuará trabalhando com as autoridades afegãs para facilitar o regresso dos funcionários às suas funções.

As Nações Unidas acreditam que pode ter havido um problema de comunicação entre os diplomatas, as autoridades de Helmand e o governo central.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud