Representante da ONU termina mandato na Serra Leoa

Representante da ONU termina mandato na Serra Leoa

Victor Ângelo (foto) anunciou que deverá deixar as actuais funções em 31 de Dezembro.

Jorge Soares & Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

O representante especial da ONU para Serra Leoa, Victor Ângelo, anunciou em exclusiva à Rádio ONU, que deverá deixar as actuais funções em 31 de Dezembro.

"Eu resolvi que, depois de três anos e meio na Serra Leoa, seria altura de fazer com que o país e a missão das Nações Unidas passassem para a fase seguinte e que um colega meu tomasse a direcção. Eu, em princípio, deverei ir para uma outra função das Nações Unidas mas, neste momento, ainda não se pode divulgar qual é a função", disse.

Ângelo iniciou sua missão no país em Setembro de 2000 quando foi designado coordenador residente do sistema das Nações Unidas.

Uniosil

Em Agosto, a Serra Leoa concluiu com sucesso o processo de eleições presidenciais e parlamentares com o apoio do Escritório Integrado das Nações Unidas para Serra Leoa, Uniosil.

Em 21 de Dezembro, o Conselho de Segurança renovou por mais nove meses o mandato do Uniosil.

A decisão respondeu a um pedido do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, que no seu último relatório sobre o país, defendeu a permanência do Uniosil na Serra Leoa, para entre outros aspectos apoiar a realização das eleições locais em 2008.

Victor Ângelo disse ainda à Rádio ONU que findo o presente mandato, a missão deverá transformar-se num escritório político, de menor dimensão e de acompanhamento do processo político.