Má nutrição atinge 16% das crianças de Darfur, diz Ocha

28 dezembro 2007

Uma pesquisa da agência, divulgada nesta sexta-feira, afirma que a má nutrição cresceu cerca de 3% em relação ao ano anterior.

Jorge Soares & Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

Um estudo do Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, revelou que em 2007 a má nutrição afectou mais de 16% das crianças de Darfur, no Sudão.

Os novos dados, divulgados nesta sexta-feira, apontam para um crescimento de cerca de 3% em relação ao ano anterior.

Segundo o Ocha é a primeira vez, desde o início do conflito em 2003, que os índices ultrapassam os 15% que é o limite estabelecido pela Organização Mundial da Saúde, OMS, para declarar a situação como um caso de emergência.

Insegurança

De acordo com a porta-voz do Ocha, Stephanie Bunker, o crescimento da má nutrição se deve ao conflito na região.

Bunker disse que devido à insegurança em muitas áreas de Darfur, os trabalhadores humanitários enfrentam dificuldades de acesso às famílias necessitadas.

O relatório do Ocha afirma que o conflito em Darfur afecta mais de 4 milhões de pessoas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud