Furacão Noel deixa 18 mortos e 14 feridos no Haiti
BR

1 novembro 2007

A Missão de Estabilização da ONU no Haiti, Minustah, informou que as enchentes causadas pelo furacão Noel mataram pelo menos 18 pessoas e deixaram 14 feridas, na ilha caribenha.

Os bóinas-azuis da Minustah montaram uma operação de ajuda humanitária para evacuar as pessoas afetadas pela tempestade, além de distribuírem alimentos e medicamentos.

O coronel brasileiro da Minustah, Carlos Jorge da Costa, disse à Rádio ONU, de Porto Príncipe, que a missão ajudou a evacuar cerca de 3 mil pessoas.

"O foco principal da nossa operação foi mais ao norte de Cité Soleil, na região de La Fonteinne e Repatrie, onde realmente o rio subiu muito rápido. A correnteza estava muito forte e elas não tinham como sair do local. Nós entregamos botes da companhia de engenharia do exércio brasileiro para a retirada destas pessoas e retiramos, nestas 2 regiões, cerca de 3 mil pessoas", disse.

Da Costa disse que na área onde atua o batalhão brasileiro, em Cité Soleil, não há registo de mortes.

O coronel revelou ainda que 2 mil e 500 pessoas permanecem nos centros de desabrigados.

Ele disse que essas pessoas estão recebendo ajuda das autoridades governamentais do Haiti, da Minustah e da Cruz Vermelha Internacional.

De acordo com o oficial da Minustah, o nível das águas baixou, nesta quinta-feira, o que permitirá o regresso dos evacuados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud