Ciclone em Bangladesh mata pelo menos 500
BR

16 novembro 2007

Ocha diz que mais de 3 milhões de pessoas foram evacuadas após ventos de até 240km/h.

Mas segundo autoridades locais, o número de vítimas fatais pode subir ainda mais.

O ciclone partiu do Golfo de Bengala, com ventos de até 240km/h, causando fortes chuvas à região.

No momento do desastre, havia 150 barcos de pescadores na área. As embarcações continuam desaparecidas.

Uma porta-voz do Ocha, em Nova York, Frederica d’Andrea, disse à Rádio ONU, que a agência já enviou ao país uma equipe de ajuda para definir medidas de emergência junto com o governo bengalês.

"Temos informações sobre 3.2 milhões de pessoas que foram evacuadas na costa do Bangladesh, 220 mil foram levadas para abrigos nas áreas mais altas do país. Hoje, houve uma avaliação conjunta pelo governo do Bangladesh e pelas Nações Unidas, nas áreas afetadas. Algumas centenas de voluntários estão trabalhando para dar informações e para dar resposta à emergência", disse.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, anunciou o início de distribuição de bolachas às vítimas.

O representante do PAM no país, Douglas Broderick disse que a agência está em condições de responder com rapidez por ser capaz de atender até 5 milhões de pessoas.

Em 1991, um outro ciclone matou mais de 143 mil pessoas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud