Ópio equivalente a mais de 50% do PIB do Afeganistão

16 novembro 2007

Unodc diz que quantia do tráfico já chega a US$ 4 mil milhões em 2007.

Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

Um estudo do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime, Unodc, sugere que o dinheiro arrecadado com o tráfico de produtos derivados do ópio no Afeganistão ultrapassa 53% do Produto Interno Bruto, PIB, do país.

De acordo com o Banco Mundial, o PIB do Afeganistão, em 2006, era superior a US$ 20 mil milhões.

O documento, “Pesquisa sobre Ópio no Afeganistão 2007”, divulgado em Bruxelas, na Bélgica, afirma que houve um crescimento de 29% no valor arrecadado pelo tráfico da substância, se comparado ao ano anterior.

Segundo o Unodc, os rebeldes que se opõem ao governo controlam a produção e distribuição da droga como sua principal fonte de renda.

A agência da ONU calcula que os agricultores fiquem com apenas 1/4 das receitas.

Segundo o Unodc, as autoridades dos distritos cobram impostos sobre as colheitas de papoula que é a planta a partir da qual se extrai o ópio.

O Unodc apela às tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Nato, no Afeganistão, a apoiar os militares afegãos na luta contra a produção de droga.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud