Polícia do Camboja prende ex-líder do Khmer Vermelho

19 novembro 2007

Khieu Samphan será julgado por tribunal apoiado pela ONU.

Por Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

A polícia do Camboja informou ter prendido o ex-chefe de Estado do regime Khmer Vermelho, Khieu Samphan (foto).

Ele foi detido num hospital na capital Phnom Penh. A informação é da porta-voz de Ban Ki-moon, Michele Montas.

Montas disse que Samphan foi levado para o tribunal que julga líderes do Khmer Vermelho, no país.

O ex-líder político é a quinta pessoa a ser presa pelo tribunal, que conta com o apoio da ONU.

Pol Pot

Os ex-líderes são acusados de assassinatos em massa e outros crimes cometidos durante os anos 1970.

O tribunal foi estabelecido em acordo com as Nações Unidas. A corte independente conta com funcionários e juízes estrangeiros.

O regime, liderado por Pol Pot, é acusado de matar centenas de milhares de pessoas entre 1975 e 1979.

A maioria das vítimas morreu de fome, maus-tratos e trabalho forçado.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud