Ocha envia mais US$ 6 mihões a vítimas de Sidr
BR

23 novembro 2007

Segundo a agência da ONU, o governo bengalês fala em cerca de 6 milhões de pessoas afetadas pelo ciclone Sidr.

Mônica Valéria Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas para Assitência Humanitária, Ocha, disse à Rádio ONU que foram disponibilizados mais US$ 6 milhões, cerca de R$ 10 milhões, para ajudar as vítimas do ciclone Sidr em Bangladesh.

De acordo com a agência da ONU, trata-se da segunda ajuda de emergência depois do ciclone ter atingido o litoral do país, na semana passada.

A primeira fase da ajuda foi usada em projetos agrícolas e de proteção das populações afetadas.

Uma porta-voz do Ocha, em Nova York, Frederica d'Andrea, contou à Rádio ONU, como a ajuda está sendo coordenada.

"O governo, com a ajuda das forças armadas de Bangladesh, está distribuindo alimentos, cobertores, ajuda médica. As Nações Unidas também estão distribuindo alimentos a cerca de 850 mil pessoas. O fornecimento de água potável também é uma prioridade agora", disse.

Segundo o Ocha, os mais recentes números do governo bengalês apontam para cerca de seis milhões de pessoas afetadas pelo Sidr.

O ciclone partiu do Golfo de Bengala com ventos de até 240km/h, causando fortes chuvas na região.

Em 1991, um outro ciclone, em Bangladesh, matou mais de 143 mil pessoas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud