Etiópia bate recorde em campanha de mil milhão de árvores

Etiópia bate recorde em campanha de mil milhão de árvores

País africano plantou 700 milhões de unidades; Brasil contribuiu com 16 milhões de árvores.

Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, informou que a sua campanha sobre Mil Milhão de Árvores foi concluída com sucesso.

O anúncio foi feito, uma semana antes do início da Conferência sobre Mudança Climática da ONU, marcada para o início de Dezembro em Bali, na Indonésia.

O director-executivo do Pnuma, Achim Steiner, disse que o sucesso da campanha demonstra o compromisso no combate ao efeito estufa.

Segundo Steiner, o aquecimento global é um desafio para a presente geração.

Ainda sem números definitivos, o Pnuma informou que a Etiópia foi o país que mais contribuiu para a campanha, com mais de 700 milhões de árvores plantadas, enquanto o Brasil plantou 16 milhões.

Segundo a agência da ONU, metade dos participantes foram cidadãos anónimos que plantaram entre uma e três árvores, enquanto o sector privado plantou 13% do total.

A vencedora do Prémio Nobel da Paz, Wangari Maathai disse que mesmo com o fim da campanha é preciso continuar a plantar árvores pelo mundo.