ONU diz que São Paulo concentra 1% dos homicídios no mundo
BR

1 outubro 2007

Um relatório do Centro das Nações Unidas para Assentamentos Humanos, ONU-Habitat, sugere que a cidade de São Paulo concentra 1% dos casos de homicídios em todo o mundo.

Leia o boletim do repórter da Rádio ONU em Londres, Marcelo Torres.

"O documento diz que, entre os anos de 1990 e 2000, o índice mundial de homicídios aumentou em quase 50%: passou de seis mortes para cada grupo de 100 mil habitantes para 8,8 mortes.

A região metropolitana de São Paulo responde sozinha por 1% dos homicídios mundiais, apesar de ter apenas 0,17% da população do planeta. A situação é parecida à de vários outros países em desenvolvimento.

Foi por isso que a ONU escolheu para o Dia Mundial do Habitat o tema das ameaças urbanas que são um desafio, tanto para o prefeitos como para presidentes e líderes de vários países.

A ONU diz que o mundo está se tornando cada vez mais urbano e que todos os moradores, independentemente da classe social, devem ter direito a cidades com condições decentes de vida."

Ainda segundo o relatório do ONU-Habitat, as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo juntas respondem por cerca da metade dos casos de homicídios no Brasil. A maioria destes crimes é cometida por armas de fogo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud