Brasil é o 5º país preferido para investimentos externos, diz Unctad BR

Brasil é o 5º país preferido para investimentos externos, diz Unctad

Um relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, afirma que o Brasil é o quinto entre os países preferidos por corporações multinacionais para investimentos externos.

O documento “Perspectiva Mundial de Investimentos 2007-2009”, divulgado nesta quinta-feira, em Genebra, na Suíça, prevê que o investimento externo direto deve continuar a crescer em nível mundial, apesar de políticas protecionistas.

O ex-ministro da Fazenda do Brasil e ex-chefe da Unctad, Rubens Ricupero, disse à Rádio ONU, de São Paulo, que o negócio do etanol é uma das áreas que faz aumentar o interesse dos investidores no país.

"Há uma tendência crescente de investimentos estrangeiros diretos na economia brasileira que se explicam por várias razões. Uma das principais é que vem aumentando muito o investimento nessa área dos biocombustíveis. Até recentemente, a fabricação do etanol era praticamente concentrada em mãos de empresas brasileiras. Hoje, a presença de investidores estrangeiros já supera cerca de 10% do total e a tendência é que chegue, mais ou menos, a 20%", disse.

O relatório da Unctad foi baseado numa pesquisa aplicada a 192 corporações multinacionais.

Segundo a agência da ONU, mais de dois terços dos pesquisados manifestaram o objetivo de aumentar o investimento externo.