Nações Unidas analisam relatório de enviado especial a Mianmar

Nações Unidas analisam relatório de enviado especial a Mianmar

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, participou de uma reunião especial no Conselho de Segurança para analisar a situação em Mianmar, a antiga Birmânia.

Pelo menos 10 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas após o governo ter reprimido um protesto pacífico de monges budistas por democracia, hás duas semanas.

Ban Ki-moon disse que o uso de força contra manifestantes pacíficos é inaceitável.

Segundo ele, apesar de as operações militares terem diminuído, o quadro ainda é sério.

Ban Ki-moon disse que a situação ainda é muito preocupante especialmente sobre o paradeiro de um grande número de detidos.

Ele pediu a liberdade imediata de todos os presos, durante os protestos.

Gambari lembrou a morte de um jornalista japonês no conflito e disse que informações, não confirmadas, indicam que pelo menos 2 mil pessoas foram presas.