Nações Unidas enviam observadores à vila atacada e queimada em Darfur

Nações Unidas enviam observadores à vila atacada e queimada em Darfur

As Nações Unidas enviaram uma segunda missão de observadores à província de Darfur, no Sudão.

Várias casas foram queimadas no local, que estava sob controle de tropas do governo.

Leia o boletim do repórter da Rádio ONU, Helder Gomes.

“Segundo a Unmis, a aldeia fica perto de uma outra área, atacada no fim de mês passado.

Na época, foram mortos 10 soldados das forças de paz da União Africana. Vários militares continuam desaparecidos.

Representantes da Unmis e do Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, afirmam que parte da população atacada neste fim de semana, já havia fugido com medo após o primeiro atentado.

Segundo a Unmis ainda não se sabe quem foram os autores dos ataques”.

O governo do Sudão e grupos rebeldes estão preparando conversações de paz marcadas para o próximo dia 27, em Trípoli, na Líbia.

O encontro é apoiado pela Nações Unidas e pela União Africana.

De acordo com as Nações Unidas, o conflito em Darfur já provocou mais de 200 mil mortos e obrigou cerca de 2 milhões de pessoas a deixar suas casas.