Nações Unidas condenam execução de 15 prisioneiros no Afeganistão

Nações Unidas condenam execução de 15 prisioneiros no Afeganistão

A alta-comissária de Direitos Humanos da ONU, Louise Arbour, condenou nesta terça-feira a execução de 15 prisioneiros no Afeganistão.

Na segunda-feira, o enviado especial do Secretário-Geral da ONU para Afeganistão, Tom Koenigs (foto), manifestou-se preocupado com as execuções realizadas no domingo, em Cabul, capital do Afeganistão.

Koenigs lembrou que foi a primeira vez, em três anos, que o Afeganistão lançou mão da pena de morte.

Ele afirmou que a ONU tem defendido uma moratória a todas as execuções no Afeganistão.