Unodc diz que produção do ópio em Mianmar cresceu cerca de 29% BR

Unodc diz que produção do ópio em Mianmar cresceu cerca de 29%

O diretor-executivo do Escritório da ONU contra Drogas e Crime, Unodc, António Maria Costa (foto), afirmou que a produção de ópio em Mianmar, antiga Birmânia, cresceu 29% em relação ao ano passado.

O chefe do Unodc disse que o ópio continua a ser cultivado pelos pequenos agricultores, muitas vezes por falta de alternativa.

Ele explicou que a destruição das plantações de papoula, que serve para produzir o ópio, acaba afetando os mais pobres. Segundo Costa, o comércio do ópio em Mianmar estaria gerando cerca de US$ 450 milhões. O equivalente a quase R$ 1 bilhão.

O Unodc afirma que políticas de combate à produção de ópio na Tailândia e no Laos teriam levado a um crescimento de plantações em Mianmar.