Brasil lidera América Latina em investimento externo

Brasil lidera América Latina em investimento externo

Um relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, revela que o Brasil foi o país da América Latina que mais investiu no exterior com cerca de US$ 28 bilhões de dólares. (Boletim: Eduardo Costa)

O “Relatório Mundial sobre Investimentos 2007” foi divulgado nesta terça-feira, em Genebra.

O documento mostra que em nível global os investimentos ultrapassaram US$ 1,3 trilhão, o que representa um aumento de 38% em relação ao ano passado.

O ex-ministro da Fazenda do Brasil e ex-chefe da Unctad, Rubens Ricupero (foto), falou à Rádio ONU, de São Paulo, dos investimentos do Brasil em África.

"A Companhia Vale do Rio Doce, aliás, tem uma presença muito forte na África e na Ásia. Na África, por exemplo, em Moçambique, ela tem uma posição bastante consolidada. Além destas companhias de mineração, um outro setor de destaque, nos investimentos brasileiros, é a área de aço. Ferro e aço", explicou.

Ricupero destacou ainda o papel de empresas brasileiras nas economias dos países industrializados, sobretudo dos Estados Unidos.

"Hoje boa parte do suco de laranja que se produz no estado da Flórida é produzido por companhias brasileiras. Por que estas companhias? Não podendo exportar para o mercado americano, devido ao protecionismo da legislação americana, decidiram investir abrindo fábricas no estado da Flórida. Hoje uma parte substancial, creio que quase 1/3 da produção de suco de laranja da Flórida vem de empresas brasileiras", disse.

Nos países em desenvolvimento, em geral, a alta foi de 21%, atingindo os US$ 379 bilhões.

O documento afirma que empresas públicas e privadas da Ásia ocupam 70% dos investimentos externos em nível Sul-Sul e também para países industrializados.

Em África os investimentos duplicaram entre 2004 e 2006, atingindo o número recorde de US$ 36 bilhões.