Cerca de 40 migrantes morreram no Golfo do Aden desde Setembro

Cerca de 40 migrantes morreram no Golfo do Aden desde Setembro

O Alto-Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, afirma que 38 migrantes clandestinos morreram desde o início de Setembro no Golfo do Aden, na travessia para chegar ao Iémen. O golfo liga a costa norte da Somália e a costa sul da península arábica.

Com estes novos casos, eleva-se para 400 o número de mortes, neste ano.

Segundo o Acnur, foram contabilizadas, só nas primeiras duas semanas de Outubro, 38 canoas que teriam transportado cerca de 4 mil pessoas para o Iémen.

A agência da ONU estima que pelo menos 19 mil migrantes já cruzaram o Golfo do Aden em 2007.