Ban preocupado com decisão turca de cruzar fronteira com Iraque BR

Ban preocupado com decisão turca de cruzar fronteira com Iraque

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-Moon (foto), afirmou que está preocupado com a decisão do Parlamento turco de autorizar operações militares no norte do Iraque.

Ela disse que Ban pediu moderação a todos os lados envolvidos. Ele também apelou ao governo do Iraque e às autoridades da região do Curdistão, no norte do país, que não permitam que a área seja usada para ataques.

O governo turco disse que as operações militares irão combater o que a Turquia chama de rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, PKK.

Segundo agências de notícias, 12 soldados turcos teriam sido mortos em confrontos com militantes do PKK durante o fim de semana.

O Secretário-Geral também elogiou o anúncio do presidente da Turquia, Abdhullah Gull, de que o país está aberto para discutir qualquer problema com o Iraque.

O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos, B. Lynn Pascoe, informou que deverá visitar o Iraque no início de novembro para discutir o papel das Nações Unidas no país.

Uma resolução do Conselho de Segurança, aprovada em agosto, recomenda um pequeno aumento no número de funcionários da ONU no Iraque. O acréscimo deve ocorrer na capital Bagdá e na cidade de Irbil no norte do Iraque.

Ainda nesta segunda-feira, o conselho adotou uma declaração presidencial condenando com veemência os ataques contra a caravana da ex-primeira-ministra do Paquistão, Benazir Bhutto, que mataram 130 pessoas na semana passada.