Milhares de pessoas fugiram de Mogadíscio nos últimos 3 dias

30 outubro 2007

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, registou um agravamento da violência em Mogadíscio, capital da Somália, que obrigou milhares de pessoas a deixar suas casas, nos últimos três dias.

O Acnur informou que mais pessoas continuavam a sair da cidade nesta terça-feira aproveitando uma redução dos combates que opõem tropas do governo e grupos rebeldes.

Segundo a porta-voz da agência, Jennifer Pagonis, a maior parte dos deslocados se dirigiram para a cidade de Afgooye, a 30 km da capital, onde vivem mais de 100 mil deslocados internos, a maior parte deles originários de Mogadíscio.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud