Racismo é problema grave na República Dominicana, dizem especialistas da ONU

30 outubro 2007

Especialistas em direitos humanos das Nações Unidas pediram ao governo da República Dominicana que combata o racismo contra haitianos e dominicanos da raça negra, que segundo eles, é um problema profundamente enraizado no país.

Segundo os enviados, referências inquietantes são feitas aos negros. Isso demonstra, na opinião de Diene e MacDougall, o preconceito que os haitianos vivendo no país e os dominicanos da raça negra experimentam diariamente.

Os peritos da ONU ressaltam que enquanto representantes do governo rejeitam a possibilidade de existir racismo na República Dominicana, membros de comunidades falaram emocionados sobre a realidade do racismo enfrentado por eles no dia-a-dia.

De acordo com os especialistas, até mesmo o registro civil de integrantes da raça negra no país é difícil devido ao preconceito de funcionários do governo em cartórios públicos.

O relatório dos especialistas será apresentado ao Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas que convocou um debate sobre o racismo e discriminação na República Dominicana.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud