Assembléia Geral aprova resolução pedindo fim do embargo a Cuba

30 outubro 2007

A Assembléia Geral da ONU aprovou, nesta terça-feira, uma resolução pedindo o fim do embargo econômico, comercial e financeiro imposto a Cuba pelos Estados Unidos, há quase 50 anos.

É a 16ª vez consecutiva que as Nações Unidas adotam uma resolução sobre a questão, propondo o fim de medidas que violam os direitos de livre comércio e navegação.

O ministro de Relações Exteriores de Cuba, Felipe Pérez Roque, que discursou nos debates, disse que o embargo já causou ao país perdas de mais de 89 bilhões de dólares.

Para o representante da delegação americana, o embaixador Ronald Godard, o embargo é um problema bilateral entre os governos americano e cubano.

Godard disse que a medida deriva do embargo de liberdade que o governo cubano impõe ao seu próprio povo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud