Ban Kin-moon e Acnur manifestam tristeza com a morte de Pavarotti BR

Ban Kin-moon e Acnur manifestam tristeza com a morte de Pavarotti

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, manifestou sua tristeza com o falecimento do tenor italiano Luciano Pavarotti. Ele lembrou que além de grande artista, o tenor contribuiu de modo marcante para ajudar as populações carentes do mundo.

Reconhecido como um dos maiores interpretes de Ópera, Pavarotti era também uma das seis pessoas designadas pela Organização das Nações Unidas com o título de “Mensageiro da paz”.

Pavarotti era particularmente dedicado às crianças, principalmente as afetadas por conflitos armados. Organizou inúmeros shows, com a participação de outros artistas, arrecadando milhões de dólares para fundos de assistência humanitária.

O projeto “Pavarotti e Amigos” arrecadou fundos para as vítimas de confrontos do Kosovo, em 1999, do Afeganistão, em 2001, de Angola, em 2002, e para as operações do Acnur no Iraque, em 2003.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, lamentou a perda deste Mensageiro da Paz e lembrou a importância de sua colaboração.