Brasil lidera debate na ONU sobre cuidados a crianças sem pais BR

Brasil lidera debate na ONU sobre cuidados a crianças sem pais

A Missão do Brasil nas Nações Unidas liderou nesta segunda-feira, em Nova York, um debate sobre diretrizes de cuidado alternativo a crianças sem pais.

A iniciativa é apoiada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e conta com a participação de outros 19 países incluindo Portugal, Suécia e Finlândia, na Europa, e na América do Sul, Argentina e Chile.

O primeiro-secretário do Itamaraty, Gabriel Moreira (foto), falou à Rádio ONU, sobre o projeto.

"O objetivo que está por trás dessas diretrizes é sempre procurar aproximar as crianças dos pais, quando eles existem e quando é possível essa aproximação. Caso esses objetivos de aproximar as crianças dos pais não sejam possíveis, aí é que entram essas diretrizes para o cuidado dessas crianças", explicou.

Gabriel Moreira explicou o papel do Brasil no debate.

"Primeiro, iniciar esse processo e trazer para o âmbito governamental, trazer para a ONU, para o Conselho dos Direitos Humanos, essa acho que é a contribuição mais importante. Também uma mobilização dos órgãos governamentais brasileiros e da sociedade civil, que estão mais diretamente envolvidos com esse tema, o tema das crianças. A contribuição do Brasil é liderar esse processo, trazer para o debate multilateral político este tema, que é um tema fundamental, que nós julgamos muito importante", disse.

O evento sobre cuidado alternativo a crianças sem pais ocorre no mesmo dia da abertura da 46ª. Sessão da Comissão dos Direitos das Crianças, em Genebra, na Suíça.