ONU debate no Canadá medidas de protecção à camada de ozónio

ONU debate no Canadá medidas de protecção à camada de ozónio

Delegados de cerca de 190 países estão em Montreal, no Canadá, para debater formas de protecção da camada de ozónio e de redução do aquecimento global.

O protocolo, considerado o mais eficaz tratado ecológico, alerta para os perigos do surgimento de um buraco na camada de ozónio sobre a Antártida.

Numa mensagem, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, marcou os avanços alcançados e disse que a luta para reparar a camada do ozónio representa um dos melhores casos de sucesso na cooperação internacional.

Leia o boletim do repórter da Rádio ONU, Helder Gomes.

“De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, é preciso cortar as emissões de gases causadores do efeito estufa em 5% até 2012.

Os participantes da reunião de Montreal vão debater várias propostas para reduzir a poluição. Uma das sugestões é modificar sistemas de refrigeração e ar condicionado e reduzir o uso de latas de spray e equipamentos de combate a incêndios.

Segundo o Pnuma, o meio ambiente pode sair ganhando caso as medidas de corte de emissões de gases poluentes sejam acompanhadas também por maior eficiência no uso de energia eléctrica, o que pode ser controlado dentro de casa”.

A Conferência de Montreal antecede a reunião de cerca de 50 chefes de Estado e de governo sobre aquecimento global, convocada pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, para a próxima semana em Nova York.