Ex-negociador do Protocolo de Quioto diz que é hora de acção

24 setembro 2007

Um dos ex-negociadores do Protocolo de Quioto, o actual subsecretário-geral do Departamento de Informação Pública das Nações Unidas, Kiyo Akasaka (foto), disse que 2007 é um ano crítico para o debate sobre o aquecimento global.

Akasaka disse que se uma nova ronda de negociações começar em 2007, ela levará cerca de dois anos para ser finalizada.

O ex-negociador de Quioto explica que para ser ratificada e entrar em vigor, a ronda precisaria de mais dois ou três anos.

Kiyo Akasaka lembra que o Protocolo de Quioto é o único acordo internacional sobre o tema.

E o primeiro período de compromisso do tratado terminará em 2012.

Akasaka disse que a comunidade internacional precisa fazer mais do que tem feito nos últimos 10 anos.

Kiyo Akasaka disse que na última década, o nível dos esforços da comunidade internacional foi decepcionante.

Ele disse que os níveis de emissão de dióxido de carbono, em muitos países, têm aumentado em vez de diminuir.

O Protocolo de Quioto foi finalizado em 1997 e entrou em vigor em Fevereiro de 2005.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud