Unicef faz parceria com Fifa pela igualdade de género

28 setembro 2007

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, assinou, no início deste mês, uma parceria com a Federação Internacional de Futebol, Fifa, para promover os direitos das mulheres.

Na prova, a selecção do Brasil qualificou-se, nesta quinta-feira, para a final, ao vencer os Estados Unidos por 4-0.

A encarregada de informação do Unicef, em Brasília, Rachel Mello, explicou, à Rádio ONU, o símbolo da parceria.

"Há uma iniciativa da Fifa com o Unicef, em torno da Copa do Mundo de Futebol, que tem uma mensagem que se traduz numa logomarca, que se chama “nu”. Esse símbolo é o coração dessa campanha mundial que Unicef e Fifa estão promovendo agora, que é o caracter chinês que representa a feminilidade", explicou.

Segundo a agência da ONU, o objectivo da campanha com a Fifa é eliminar a discriminação de género, através do desporto e em particular do futebol.

Rachel Mello falou, à Rádio ONU, sobre um outro projecto do Unicef, no Brasil, que pretende mostrar que o futebol não é só para homens.

"A gente tem um trabalho forte de combate ao trabalho infantil em Olinda, no estado de Pernambuco, com crianças que trabalham em lixões. Em um desses projectos, que se chama Meio Ambiente e Cidadania, as meninas são convidadas a participar em actividades desportivas que procuram quebrar um pouco esse sentido, que há muito no Brasil e em vários outros países, de que o futebol é um desporto para homens, para os meninos", disse.

Neste domingo, o Brasil discute a final da Copa do Mundo, com a selecção da Alemanha, que é a actual campeã mundial da prova.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud