ONU pede protecção ao meio ambiente no Dia Mundial dos Indígenas

9 agosto 2007

As Nações Unidas marcam nesta quinta-feira o Dia Internacional dos Povos Indígenas.

A maioria dos indígenas vive em áreas de diversidade biológica e possui conhecimento profundo sobre a fauna e a flora.

Para o líder da aldeia Macuxi, localizada no estado de Roraima, Dionito José de Souza, proteger a terra é também preservar a cultura indígena.

"A terra, tudo o que ela nos oferece é muito importante para os povos indígenas, a água, a mata, as plantas, a caça, a pesca, a beleza, tudo. Então, ela acolhe os indígenas com muito carinho. Por exemplo, a gente não considera um projecto de ajuda importante para as comunidades porque isso traz preguiça, traz moleza", diz.

O tema do Dia Internacional dos Povos Indígenas, este ano, é a juventude, as línguas indígenas e locais sagrados.

Segundo o líder da comunidade Macuxi, que conta com 20 mil índios, muitos jovens estão deixando suas origens, ainda que mantenham sua identidade linguística ao lado do português.

"A juventude, infelizmente, a cultura branca entrou e muita gente vai para a cidade. Eles jogam futebol, fazem a flechada. O indígena é tão inteligente que tem indígenas que falam duas, cinco, até dez línguas. Nós temos que preservar nossa língua e falar para o mundo que ainda existe a nossa cultura indígena e parabenizando o nosso dia", afirma.

Segundo as Nações Unidas, existem mais de 370 milhões de índios em cerca de 70 países.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud