ONU analisa pedido da União Africana para enviar tropas de paz à Somália

ONU analisa pedido da União Africana para enviar tropas de paz à Somália

O representante do Secretário-Geral das Nações Unidas para a Somália, François Lonseny Fall (foto), disse que o Conselho de Segurança está a analisar um pedido da União Africana para o envio de uma força de paz da ONU para a Somália.

Segundo o pedido os capacetes-azuis substituiriam o contingente da Missão Africana de Paz para Somalia, Amisom.

Fall que participou, na segunda-feira, numa reunião do Conselho de Segurança para consultas sobre a Somália, acrescentou que o apelo foi feito através de uma carta enviada pelo presidente da União Africana, Alpha Oumar Konaré, ao Secretário-Geral, Ban Ki-moon.

O representante do Secretário-Geral afirmou que se houver suficiente progresso político, as portas estariam abertas para um possível envio de tropas de paz da ONU para a Somália.

Ele adiantou que será preciso ainda encontrar tropas para completar o contingente da Amisom.

A missão de paz africana, cujo mandato foi renovado até Dezembro deste ano, deveria contar com um contingente de 8 mil soldados, mas até o momento só foram enviados ao terreno 1,7 mil homens concedidos pelo Uganda.

Lonseny Fall informou que a Nigéria, o Gana, e o Burundi se comprometeram a enviar mais tropas para reforçar a Amisom.

A Somália vive um conflito armado desde a queda do presidente Mohammed Siad Barre em 1991.