Timor-Leste reabre escolas após onda de violência no país BR

Timor-Leste reabre escolas após onda de violência no país

A Missão Integrada das Nações Unidas para o Timor-Leste, Unmit, informou que as escolas do país foram reabertas nesta quarta-feira.

Montas disse que a decisão foi tomada após uma melhoria na situação da segurança no Timor. Casos de incêndios criminosos e apedrejamentos foram registrados após o anúncio da nomeação do primeiro-ministro Xanana Gusmão no início deste mês.

Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, as crianças foram vítimas de atos de violência. O Unicef e outras agências internacionais pediram às autoridades e aos partidos políticos que protejam os menores de ataques.

Segundo a Unmit, cerca de 4 mil pessoas deixaram suas casas para se refugiar nas montanhas do Timor.

Uma ex-colônia portuguesa, no sudeste da Ásia, o Timor foi anexado pela Indonésia na década de 1970, e se tornou independente após um referendo das Nações Unidas em 2002.