Acnur reabre campo de refugiados para somalis na Etiópia BR

Acnur reabre campo de refugiados para somalis na Etiópia

O Alto-Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, anunciou, nesta quarta-feira, a reabertura do campo de refugiados de Teferi Ber, no leste da Etiópia, que deverá abrigar cerca de 4 mil somalis.

O porta-voz do Acnur, William Spindler, disse à Rádio ONU, de Genebra, que muitas pessoas foram obrigadas a fugir de suas casas na Somália por causa da violência no país.

“São pessoas que chegaram no ano passado, como conseqüencia dos enfrentamentos, entre as forças islâmicas e o governo tradicional de Mogadíscio. Essas pessoas se refugiaram na região de Kebrideyah, na Etiópia, mas a situação lá não é a mais indicada porque há um número muito grande de refugiados, que estão nesse acampamento de refugiados. Então temos visto a necessidade de reabrir um acampamento que havia sido fechado”, esclareceu.

O Acnur informou que, atualmente, a Etiópia está abrigando cerca de 23 mil somalis. Mas outras 7 mil pessoas estão aguardando decisão sobre pedido de asilo.

A Somália vive um conflito armado desde 1991, após a queda do presidente Muhammad Siad Barre.