Novas alegações de violação dos direitos humanos no Sudão

Novas alegações de violação dos direitos humanos no Sudão

O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos manifestou-se preocupado com novas alegações sobre violações dos direitos humanos no Sudão.

Diaz se referiu a um certo número de casos de abusos de direitos humanos que teriam sido registados, desde 1 de Julho, na vila de Bir Dagig, localizado a 30 Km ao norte de El Geneina, no oeste da província de Darfur.

Ele disse que as denúncias se referem a casos de estupros, sequestros e roubo de gado.

De acordo com o Acnur, há alegações de que os crimes teriam sido cometidos por homens usando uniforme militar.

A alta-comissária das Nações Unidas para Direitos Humanos, Louise Arbour pediu ao governo do Sudão o estabelecimento de uma presença policial permanente na vila de Bir Dagig para proteger a população.

Ainda na África, a Organização Internacional para Migrações, OIM, e o governo do Senegal lançaram uma campanha conjunta de informação para diminuir a crescente migração clandestina desde a costa do país, no oeste da África.

Segundo a OIM, nos últimos anos Senegal tem sido um dos pontos de partida de migrantes clandestinos que usam frágeis embarcações para chegar à Europa e muitas pessoas morrem na travessia.