Gaza e Cisjordânia não podem continuar divididas, diz Williams

Gaza e Cisjordânia não podem continuar divididas, diz Williams

O coordenador especial da ONU para o processo de paz no Médio Oriente, Michael Williams (foto), afirmou nesta quarta-feira no Conselho de Segurança que a Cisjordânia e a cidade de Gaza, nos territórios palestinos, não podem continuar separadas, a longo prazo.

Segundo ele, após o fracasso do governo de unidade nacional, a Autoridade Palestina passou a ser a única autoridade legítima na região.

Williams disse que os palestinos, no entanto, não podem ser punidos pelo controle do Hamas em Gaza.

Ele pediu a reabertura de todos os cruzamentos com Israel para evitar a quebra da economia palestina.

Rivalidades entre as facções palestinas Hamas e Fatah, nos últimos meses, levaram ao fim do governo deixando Gaza controlada pelo Hamas e a Cisjordânia em poder da Autoridade Palestina, formada na maior parte por membros do Fatah.