Ban Ki-moon condena assassinato de 2º missionário no Afeganistão
BR

31 julho 2007

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou o assassinato de dois reféns sul-coreanos, que foram seqüestrados pelo grupo islâmico Talebã no Afeganistão. A informação é da porta-voz de Ban, Marie Okabe.

A porta-voz de Ban disse que ele apóia as autoridades do Afeganistão nos esforços de garantir o retorno seguro dos reféns à casa.

Segundo a Igreja Presbiteriana Água Viva, da Coréia so Sul, o grupo sul-coreano estava no país para realizar trabalhos de ajuda humanitária.

O pastor Bae Hyung-kyu, de 42 anos, foi o primeiro a ser assassinado pelos seqüestradores.

O grupo de missionários sul-coreanos foi seqüestrado na província de Ghazni, ao sudoeste da capital Cabul, na semana passada.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud