Mulheres debatem vias de combater migração ilegal em África

31 julho 2007

Mais de 250 mulheres dos países membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, Cedeao, se reuniram em Dacar, Senegal, para vias para combater a migração ilegal para Europa.

Ainda nesta terça-feira, a Organização Internacional para Migrações, OIM, anunciou a doação pelos Estados Unidos de US$ 1 milhão de dólares para financiar um projecto piloto de reintegração de imigrantes retornados ao Haiti.

O financiamento partiu da Agência Internacional de Desenvolvimento dos Estados Unuidos, Usaid, e está a ser gerido pela OIM em Porto Príncipe, capital do país.

A informação é do porta-voz da OIM, Jean-Philippe Chauzy.

Chauzy disse que o novo programa humanitário vai levar ajuda material e financeira a migrantes haitianos que são deportados dos Estados Unidos por se encontrarem em situação irregular.

Segundo a OIM, os fundos permitem ajuda imediata aos deportados desde a sua chegada ao país, e inclui treino para reorientação profissional.

Na Índia, o director-geral da Organização Internacional para Migrações e o ministro indiano de Negócios Estrangeiros, Vayalar Ravi, assinaram um memorando de entendimento sobre formas de apoiar migrantes da região em nível mundial.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud