Pnuma afirma que degelo afetará 40% da população mundial BR

Pnuma afirma que degelo afetará 40% da população mundial

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, afirmou que, no futuro, 40% da população mundial podem ser afetados pela perda de grande parte da superfície glacial devido ao aquecimento global.

O estudo antecipou uma conferência sobre o tema para marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente, nesta terça-feira, 5 de junho.

A jornalista Andreia Zenobio Gunneng, que vive na Noruega e é especializada em meio ambiente, disse à Rádio ONU, de Tromso, que os efeitos do aquecimento global já começaram a ser sentidos no país.

“Tudo está derretendo muito rápido. Por exemplo, o inverno aqui na Noruega tem sido muito diferente. Enquanto era menos 30°C, 20° C negativos esse ano foi 5. Então não tem neve, não é frio suficiente. Isso tem um impacto tremendo na fauna e na flora, impactando o meio ambiente e a vida das pessoas que vivem nessa área”, afirma.

Segundo o Pnuma, o degelo poderá causar um aumento do nível do mar, avalanches e inundações.