Ban cita Brasil em mensagem sobre Dia Mundial do Meio Ambiente BR

Ban cita Brasil em mensagem sobre Dia Mundial do Meio Ambiente

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que os países desenvolvidos podem fazer mais para reduzir o efeito estufa e apoiar o desenvolvimento limpo em economias como, por exemplo, Brasil, China e Índia.

Ainda segundo o Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, ilhas inteiras podem desaparecer caso a mudança climática não seja revertida.

O diretor dos Serviços de Informação e Qualidade Ambiental de Cabo Verde, Pedro Ramos, falou à Rádio ONU, da cidade da Praia, sobre como o aquecimento já está agravando o arquipélago.

“Ao longo dos anos tem significado o aumento do fenômeno da seca. Ainda mais em Cabo Verde esse fenômeno é agravado por causa da ensolaridade e também das secas cíclicas as quais o país tem estado sujeito”, afirmou.

Uma das propostas do Pnuma para combater o efeito estufa é a plantação de 1 bilhão de árvores. A coordenadora do Pnuma no Brasil, Cristina Montenegro, explicou o andamento da campanha no país.

“Algumas empresas privadas de grande porte aderiram essa campanha, então a tendência é que, apesar da campanha já ter atingido a sua meta, a mobilização deva continuar porque o resultado foi muito interessante no Brasil. Além disso, existe interesse tanto em nível de governo quanto em nível de sociedade,”concluiu.

O tema deste ano sobre o Dia Mundial do Meio Ambiente, “degelo: um assunto quente”, sugere que 40% da população mundial podem ser afetados pelo aquecimento global.

Para o diretor-executivo do Pnuma, Achim Steiner, as mudanças climáticas estão aumentado as disparidades entre ricos e pobres e agravando as tensões sobre os escassos recuros naturais.