Relatório da Unesco sugere que corrupção destrói educação BR

Relatório da Unesco sugere que corrupção destrói educação

Um relatório da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, revela que práticas corruptas estão minando os sistemas educacionais em todo o mundo.

O Brasil foi um dos países citados no documento com base numa pesquisa comparativa realizada no Rio Grande do Sul.

O relatório cita casos de licitação, desvios de fundos, taxas de matrícula ilegais, e fraude acadêmica entre os problemas.

Segundo a Unesco, essas práticas custam bilhões de dólares para os governos.

A agência da ONU diz que o documento é o resultado de diversos anos de pesquisa em ética e corrupção feita pelo Instituto Internacional de Planejamento Educacional da Unesco.