Combate ao racismo é prioridade do Conselho de Direitos Humanos

Combate ao racismo é prioridade do Conselho de Direitos Humanos

O Conselho de Direitos Humanos da ONU inaugurou sua quinta sessão, em Genebra, com um debate sobre o racismo no mundo.

O vice-embaixador do Brasil na Missão da ONU em Genebra, Sérgio Florêncio, que participa da reunião, contou à Rádio ONU sobre a contribuição brasileira ao debate.

“O governo brasileiro está se esforçando para adopção de uma convenção inter-americana contra o racismo e todas as formas de discriminação e de intolerância, no âmbito hemisférico”, afirmou.

O Brasil foi eleito, no ano passado, para um assento no Conselho de Direitos Humanos da ONU com mandato até 2008.

Este ano, Angola, um outro país de língua portuguesa, foi escolhido para o órgão.

A sessão do conselho deverá debatera ainda o direito à comida, à moradia e relatórios sobre vários países.

A alta-comissária da ONU de Direitos Humanos, Louise Arbour (foto), que visitou a região dos Grandes Lagos, na África, fez um balanço sobre a questão da segurança na República Democrática do Congo.

Arbour disse que a maior ameaça à segurança dos Grandes Lagos é a cultura da impunidade. Ela disse que os governos precisam demonstrar que quem viola os direitos humanos terá que prestar contas.

A 5ª. sessão do Conselho de Direitos Humanos está marcada para terminar em 18 de Junho.