Tutu pede paz no Oriente Médio em Conselho de Direitos Humanos BR

Tutu pede paz no Oriente Médio em Conselho de Direitos Humanos

O bispo sul-africano e Prêmio Nobel, Desmond Tutu (foto), pediu paz a israelenses e palestinos durante um discurso no Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, na Suíça.

Em seu discurso, o Prêmio Nobel da Paz disse que o sofrimento dos palestinos é totalmente inaceitável. Ele disse ainda que condena a morte de civis inocentes dos dois lados.

Numa intervenção, o embaixador de Israel Itzhak Levanon agradeceu as palavras de Tutu, mas criticou o trabalho do Conselho de Direitos Humanos.

O embaixador de Israel afirmou que seu país está profundamente decepcionado com o que ele chamou de resoluções tendenciosas, que segundo ele, ignoram o fato de que o país tem que confrontar o terrorismo todos os dias.

E em Nova York, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que está profundamente chocado com os ataques a duas mesquitas xiitas na cidade de Samarra, ao norte da capital do Iraque, Bagdá.

Em fevereiro, uma outra mesquita considerada sagrada pelos muçulmanos xiitas foi atingida na mesma cidade. Ban Ki-moon condenou o ataque, que segundo ele, é uma tentativa de provocar violência sectária e minar a estabilidade do Iraque.